O Prazer da Cachaça


21 de maio! É este o dia da comemoração do Dia da Cachaça no Brasil. Esta data foi escolhida por marcar o início da safra de cana-de-açúcar, principal matéria prima da cachaça, pinga ou canha (cada região do país a chama de um jeito), em Minas Gerais. Apesar de ser tipicamente brasileira, a palavra Cachaça pode ter sido originada da velha língua ibérica (cachaza), que significa vinho de borra, um vinho inferior bebido na Espanha e em Portugal, ou também pode ser proveniente de "cachaço", o porco, e seu feminino "cachaça", a porca. Isso se dá pelo fato de que a carne dos porcos selvagens, encontrados nas matas do Nordeste, os chamados caititus, era muito dura e a cachaça era usada para amolecê-la.
Terceira bebida destilada mais consumida no mundo, e primeira no Brasil, a aguardante é uma bebida com alto teor alcoólico e que possui graduação alcoólica de 38% a 48%  em volume, a 20ºC  de temperatura. Pensando nos tipos de cachaça, podemos classificá-las em 2 maneiras: a branca e a envelhecida. A branca podemos considerar como uma cachaça "nova", da forma como saiu do alambique, ou seja, aquela que é recomendada para ser consumida pura, gelada ou em drinks como caipirinhas e coquetéis. Já a cachaça envelhecida, é aquela que ficou por pelo menos um ano armezenada em barris de madeira. O recomendado é que seja consumida pura, apenas como aperitivo.
O BaresSP traz diversas informações imperdíveis sobre este dia tão especial para quem gosta da boa e velha cachaça, fique de olho!
*OBS: Há um movimento para que o Dia da Cachaça passe a ser comemorado no dia 13 de setembro, data em que  a coroa portuguesa autorizou a produção da cachaça no Brasil (no ano de 1661).
Fonte: BaresSP

0 Response to "O Prazer da Cachaça"

Postar um comentário

powered by Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme